Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner file mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - campanha nova mobile
Anúncio - NIVER 64 ANOS MOBILE
TEATRO
Pitoresco aplaudido com “Balaio Cultural”
Com dramas e comédias atores fizeram a plateia refletir e rir
Publicado em 03/12/2018 às 21:33 Ítalo
Pitoresco aplaudido com “Balaio Cultural”

Em seu espetáculo de final de ano, o Pitoresco Grupo de Teatro Unipar, projeto da Universidade Paranaense, provocou o ânimo do público, conforme planejara. Com esquetes e monólogos – dramas e comédias – o ‘Balaio Cultural’ fez refletir e rir.

Cerca de 400 pessoas, de vários bairros da cidade, prestigiaram o espetáculo, que contou com quase todos os integrantes do Pitoresco no palco – mais de 30. Todos também se encarregaram de criar figurinos e cenários.

Rompendo com a tradição, a apresentação começou antes do cerimonial de boas-vindas. Atores se posicionaram no meio da plateia e, aos gritos, anunciaram a morte do Joca, personagem da crônica ‘A legítima e a outra’, de Luiz Fernando Veríssimo. As cortinas se abrem, mostrando o velório, onde a viúva e a amante se encaram e armam o maior ‘barraco’.

O cenário, montado nos detalhes, provocou o impacto pretendido pela trupe. “Isso é só o começo”, disse Fernanda Sandri, integrante do Pitoresco, ao cumprimentar o público e apresentar a programação. “Tudo foi planejado, ensaiado com muita dedicação, muito carinho para que este nosso encontro, aqui na Unipar, seja para todos nós, inesquecível”, exclamou.

O espetáculo colocou à prova os conhecimentos adquiridos durante as aulas, ministradas pelo diretor e ator Luiz Fernando Guarnieri, que, desta vez, acompanhou toda a encenação da plateia. “Tudo ficou por nossa conta, o que aumentou nossa responsabilidade, mas também nosso orgulho”, diz Renata Niebuhr, acadêmica de História do EAD/Unipar, que assumiu a direção e também atuou.

Segundo ela, foi uma experiência enriquecedora: “Como diretora tive a oportunidade de orientar várias pessoas, montar um roteiro, pensar na iluminação, na trilha sonora... durante essa jornada foi necessário muito empenho e também paciência, porque surgem muitos problemas que envolvem a organização de um espetáculo e temos que resolvê-los rapidamente. Depois dessa experiência, passo a valorizar muito mais o trabalho do Luiz como diretor, que é excelente!”.

Ela diz que topou assumir a função por acreditar que seria uma oportunidade de fazer algo diferente, de aprender mais sobre artes cênicas. “E foi o que aconteceu”, garante. “Também queria ajudar o nosso grupo a realizar um bom trabalho de encerramento. Acredito que por eu ter uma boa convivência com os integrantes e podendo contar com a colaboração de todos, foi mais fácil ocupar esse papel”, afirma, destacando que a cooperação que recebeu foi decisiva para o sucesso do ‘Balaio’.

Elogiando a iniciativa e o comprometimento dos seus alunos, o diretor diz que o ano foi triunfante para o Pitoresco: “O espetáculo Balaio Cultural foi o grand finale de um ano carregado de conquistas. De uma maneira consistente, o grupo se fortificou e se projetou, ainda mais, para toda a região, mostrando talento, capacidade de trabalho em grupo, liderança e amor à arte”.

E ressalta: “Termino este ano com o sentimento de dever cumprido; acredito que todos comungam dessa ideia, mesmo porque, não somente no Balaio Cultural, mas em todas as apresentações do Pitoresco, os integrantes tiveram uma participação afinca. Todos estão de parabéns!”.

O Pitoresco Grupo de Teatro Unipar é coordenado pela Diretoria Executiva de Gestão da Cultura e Divulgação da Universidade Paranaense e faz parte do leque de projetos de arte e cultura permanentes, desenvolvidos e custeados pela Instituição.

SOBRE O PITORESCO

Aberto à participação de acadêmicos de todos os cursos da Unipar e de outras pessoas da comunidade, as aulas são gratuitas. Alguns acadêmicos são contemplados com ajuda de custo para participar pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Artística/PIBIA da Unipar. As inscrições para o ano que vem estão previstas para serem abertas em fevereiro.

Em sua trajetória artística, o Pitoresco vem conquistando cada vez mais público, produzindo diversos espetáculos e exibindo em Umuarama e outras cidades da região. As apresentações, sem cachê, são em escolas e entidades regionais e em eventos da Unipar.

Para as aulas e ensaios, tem à disposição o Teatro Unipar, um dos maiores e mais bem estruturados do Paraná. Inaugurado em 1999, foi projetado em forma de leque elizabetano, com capacidade para 900 pessoas. Chama a atenção o seu palco, que tem dimensões privilegiadas, com boca cênica de 23 metros. São 2.300m2 dedicados ao estímulo de atividades culturais e científicas, em Umuarama.

FONTE: Secom/Unipar

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - Dentista Anúncio - Interno
Comentários
Veja também