Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Mobile
Anúncio - Banner mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - Banner Mobile
Anúncio - Natal mobile
Anúncio - AGOSTO
Anúncio - Exames de Imagem mobile
Anúncio - rodape mobile
ELEIÇÕES 2018
Saiba quais são as penalidades para quem não votou e não justificou
Quem fica com a situação irregular tem uma série de restrições
Publicado em 29/10/2018 às 07:12 Italo
Saiba quais são as penalidades para quem não votou e não justificou

Quem não pode comparecer ao local de votação no dia do pleito precisa justificar a ausência. No dia da votação, isso pode ser feito em qualquer seção eleitoral do país. Caso não consiguiu resolver isso no dia, há um prazo de 60 dias após a eleição para ir a qualquer unidade da justiça eleitoral e justificar a ausência. Nesse caso, vale levar documentos que comprovem o motivo da ausência – bilhetes de viagem ou justificativa do empregador, por exemplo.

Não há limite para a pessoa não votar e justificar a falta. Mas há pessoas que perdem o título por não votarem. Nesse caso, o problema é não justificar no prazo certo e/ou não pagar a multa – que é de R$ 3,51. Para quem deixar de justificar ou quitar os débitos eleitorais, aí sim o título de eleitor é cancelado.

Quem fica com a situação irregular com a Justiça Eleitoral – e não justifica ou paga a multa – tem uma série de restrições. Essa pessoa não pode obter passaporte ou nova carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimento de ensino público, inscrever-se para concurso público, tomar posse em cargo público, receber vencimentos de função pública, participar de concorrência pública e obter empréstimo de órgão público.

FONTE: Gazeta do Povo

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - banner interno Anúncio - Clarineis interno
Comentários
Veja também