Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - MAIOR FARMACIA ONLINE DO BRASIL
Anúncio - banner rodape
Anúncio - campanha nova mobile
PILATES X USO DO CELULAR
Como a tecnologia afeta sua coluna cervical?
Entenda porque a dor no pescoço pode ocorrer e como o Pilates pode ajudar
Publicado em 15/04/2019 às 16:29 Italo
Como a tecnologia afeta sua coluna cervical?

As queixas acerca de dor na região posterior do pescoço (coluna cervical), que irradia para a cabeça, ombros e nuca são muito comuns, especialmente em pessoas de postura incorreta e/ou vida sedentária. Isso significa que passar muitas horas do dia sentado em frente ao computador, trabalhando ou se divertindo, é prejudicial à saúde.

Outro fator comum, causador da chamada “dor na cervical”, é também o uso contínuo do telefone celular, pois a posição “cabeça baixa” deixa a musculatura do pescoço sempre tensa, prejudicando assim as vértebras do pescoço.

Nosso crânio pesa em torno de 4 a 5 kg, contudo à medida que a flexão aumenta, o peso sobre a cervical também aumenta, podendo chegar em até 6x o peso da cabeça. Com isso aumenta a incidência de dor na cervical, nos ombros e braços.

Por último, vale lembrar que traumas ou lesões na região podem causar uma dor persistente, mesmo após o tratamento.

A cervical é a região da coluna responsável pela sustentação da cabeça e ombros, possuindo sete vértebras. As vértebras superiores são responsáveis pela rotação da cabeça e movimento do pescoço, enquanto as outras são responsáveis pela sustentação dos braços e ombros.

Por oferecerem apoio para as articulações dos ombros, a região cervical é comumente exposta a ocorrência de patologias degenerativas como hérnia de disco e artroses.

As consequências são dores na região do pescoço que podem ser acompanhadas por rigidez e espasmos musculares. Podem haver ainda outros sintomas, como zumbidos nos ouvidos, perda de equilíbrio, problemas de audição e visão, dor na testa e acima dos olhos.

Para quaisquer que sejam as causas, o Pilates é recomendado como tratamento para dores na cervical. De acordo com a educadora física Polliane Reske, do Studio Vitality, o Pilates promove a estabilização da região com controle, além do reequilíbrio muscular, aumentando a flexibilidade e a força.

“Em geral, a dor na cervical aparece a partir dos 45 anos. Manter essa região saudável é fundamental para manter a qualidade de vida nos anos seguintes”, alerta Polliane.

Os exercícios do Pilates reestabelecem o alinhamento da coluna, reduzindo a tensão em pontos de dor. Esses exercícios também melhoram o equilíbrio e a movimentação relativos aos movimentos da coluna vertebral.

“Se você sente dores na cervical, deve, antes de tudo procurar um médico ortopedista. A partir da recomendação médica, pratique Pilates!”, recomenda Polliane. “O Pilates tem o poder de ajudar a pessoa a distribuir corretamente a força corporal, englobando todos os movimentos e partes do corpo. Dessa forma, a tensão é retirada de um único ponto, onde há dor, e distribuída por todo o corpo, trazendo alívio e equilíbrio”.

Para ser acompanhado por profissionais de Educação Física e Fisioterapia no tratamento contra a dor na cervical, procure pelo Studio Vitality: Av. Presidente Castelo Branco, 5655, em Umuarama. Ligue para: (44) 99736-5057 e marque uma aula experimental!

Por Anita Leite

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - Interno Anúncio - Dentista
Comentários
Veja também