Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Matriculas Abertas
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - MOBILE
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
Anúncio - arte nova mobile
SAÚDE EM 1º LUGAR!
390 cidades do Paraná adotaram o lockdown!
Apenas 9 não seguiram as restrições impostas pelo Governo do Estado
Publicado em 01/03/2021 às 18:00 Italo
390 cidades do Paraná adotaram o lockdown!

Um índice que demonstra adesão por parte da sociedade com relação ao lockdown decretado pelo Governo do Estado foi levantado pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP). Segundo a entidade divulgou nesta segunda-feira (1), apenas nove prefeituras não adotaram as restrições impostas pelo Governo do Estado e uma internalizou a legislação apenas parcialmente, o que significa 97,4% de adesão completa nos 399 municípios. “Parte da população cobra as autoridades sobre uma posição entre a vida e a economia. Sempre nos pautamos pelo equilíbrio, mas nesse momento há um desequilíbrio na saúde, os números são claros. São medidas mais duras e os prefeitos entenderam. Nunca tivemos uma adesão tão grande porque todos viram que o momento é muito crítico”, disse Darlan Scalco, prefeito de Pérola e presidente da AMP. “Estamos fazendo aquilo que é certo, mesmo que isso doa. Esperamos que haja um resultado efetivo”. O anúncio das medidas foi precedido de reuniões com todas as associações municipais. Na quinta-feira (25) o governador Carlos Massa Ratinho Junior promoveu dois encontros virtuais para discutir o cenário da pandemia da Covid-19. Um foi com os prefeitos dos cinco maiores municípios do Paraná e o outro com todos os presidentes das associações municipais, que congregam as 399 cidades do Estado. Na sexta, pouco antes do anúncio, houve sensibilização junto aos prefeitos da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) e da Associação dos Municípios do Litoral (Amlipa), além dos deputados estaduais.

DECRETO

O Decreto do Governo do Paraná prevê, entre outras ações, a suspensão do funcionamento dos serviços e atividades considerados não essenciais em todo o Estado e a ampliação na restrição de circulação das pessoas entre 20 horas e 5 horas. Também estão proibidas a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo nesse intervalo da noite e da madrugada.

FONTE: Associação dos Municípios do Paraná (AMP)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também