Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Banner mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Natal mobile
Anúncio - AGOSTO
Anúncio - Exames de Imagem mobile
Anúncio - Banner Mobile
Anúncio - rodape mobile
BOA NOTÍCIA
Empregos: Os números crescem e o Brasil recobra o otimismo!
O Paraná tem a média de desemprego mais baixa que a média nacional
Publicado em 29/08/2017 às 14:51 Italo
Empregos: Os números crescem e o Brasil recobra o otimismo!

O Ministério do Trabalho publicou números que indicam melhoria na vida do trabalhador brasileiro: Aumento no número de vagas para trabalho registrado em carteira e aumento na média de salário em novas contratações.

Todos os estados, com exceção do Piauí, apresentaram crescimento no salário médio de admissão em novos empregos, no primeiro semestre de 2017. A média do aumento salarial é de apenas 50 reais, porém indica crescimento.

Mulheres são as maiores beneficiadas por essa mudança, pois o salário médio de admissão das mulheres avançou mais do que o dos homens.  As vagas disponíveis também favorecem os candidatos com ensino médio completo e jovens. No Paraná, os jovens (18 a 24 anos) ocupam 30% das novas vagas de trabalho.

A média paranaense é melhor que a média nacional. Enquanto nos outros estados a média de desemprego é de 13%, no Paraná o desemprego atinge 10% da população.

Também neste primeiro semestre as contratações superaram as demissões. Isso significa que o mercado está favorável para quem procura emprego. Embora as condições ainda não sejam das melhores, elas superam os números do mesmo período do ano passado: 38, 31 milhões de empregados com carteira assinada em 2016 em comparação aos 39, 28 milhões no primeiro semestre deste ano.

Com crescimento no número de funcionários, o setor de prestação de serviços desponta: 24.712 novas vagas foram abertas até abril de 2017, principalmente na área médica e veterinária. Em seguida, a indústria, o comércio e a agricultura, contrataram mais de 33mil novos funcionários.

Com o aumento do emprego, há maior consumo, indicando que a estabilidade econômica brasileira já pode ser considerada uma luz no fim do túnel.

www.colunaitalo.com.br

Anúncio - banner interno Anúncio - Clarineis interno
Comentários
Veja também