Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - rodape mobile
Anúncio - Interlagos mobile
BELA & FURIOSA!
Primavera das flores, cores e dos... violentos temporais!
Este mês de outubro foi de fortes ventos e chuvas no Noroeste e Oeste paranaenses!
Publicado em 26/10/2017 às 20:08 Italo
Primavera das flores, cores e dos... violentos temporais!

Exaltada como a estação das cores e dos amores, época em que as flores desabrocham, os dias ficam mais longos e mais quentes: é Primavera, a estação mais florida do ano!

No entanto, outro lado dessa estação é pouco conhecido (ou comentado).  É que é justamente esse o período com mais desastres relacionados às chuvas no Paraná.

Segundo levantamento feito com base no Sistema de Ocorrências da Defesa Civil (SISDC), nos últimos cinco anos foi justamente a primavera que registrou mais ocorrências no Estado. Foram 593 situações que vão desde chuvas intensas e vendavais até deslizamentos e inundações, que afetaram mais de 1 milhão de pessoas e deixaram outras oito mortas.

A tarde de quinta-feira passada, inclusive, foi uma demonstração desse poder destrutivo. Com ventos cuja velocidade chegou a 72 km/h, apesar da rápida chuva na região Noroeste do Estado, galhos, árvores e placas de trânsito acabaram caindo, bloqueando trechos de ruas em diversos pontos de muitas cidades. No Oeste do Estado os ventos atingiram a velocidade de 102 km/h.

A previsão do Sistema Meteorológico do Paraná (Simpepar) é de que outubro seja o mês do aguaceiro. Se por um lado a expectativa para a estação é de que o volume de água siga a média histórica da estação, na casa dos 350 milímetros, por outro lado a maior parte dessa precipitação se concentrou em outubro, mês cuja média histórica é de 130mm.

Para novembro a distribuição espacial das chuvas se concentra na média enquanto que para dezembro o sinal já é de chuvas abaixo da média para todas as regiões paranaenses, segundo a previsão para a estação do Simepar.

IRREGULARIDADE CLIMÁTICA JUSTIFICA

A grande quantidade de eventos severos no Paraná durante a primavera ocorre porque a estação tem como uma de suas características a irregularidade climática, por tratar-se de uma estação de transição entre o inverno (seco) e o verão (chuvoso), permitindo o início na mudança do regime de chuvas e temperaturas.

Com o forte aquecimento diurno e a alta umidade atmosférica, induz-se a formação de chuvas convectivas, que podem ocasionalmente ser de forte intensidade.

www.colunaitalo.com.br

Anúncio - Novo Anúncio - MAIO 2018
Comentários
Veja também