Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Mobile
Anúncio - Banner mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - rodape mobile
Anúncio - Exames de Imagem mobile
Anúncio - AGOSTO
Anúncio - Natal mobile
CAMINHOS DO CAMPO
Concurso culinário da RPC tem umuaramense no páreo
O arquiteto Febo Carvalho se inscreveu, foi classificado e concorre com mais 7 paranaenses
Publicado em 07/11/2017 às 19:59 Italo
Concurso culinário da RPC tem umuaramense no páreo

Declaradamente apaixonado por culinária, o arquiteto Febo de Carvalho Júnior, um dos oito finalistas do Concurso de Receitas Caminhos do Campo da RPC, está apreensivo. Depois de receber a equipe de jornalismo em sua residência, ensinar a receita frente às câmeras, viver a emoção diante da exibição na televisão em rede estadual, num domingo de manhã, agora se prepara para encarar o resultado.

A votação está acontecendo pelas redes sociais. E, claro, Febo já repassou o link pra centenas de amigos. Está, literalmente, pedindo voto. E os amigos têm correspondido, votando e compartilhando o link para outros também votarem. A rede que se formou é grande; parentes de São Paulo e de Santa Catarina entraram no circuito e também estão votando. A votação vai até o próximo dia 14.

DOS MAIS DE 100 PRATOS, APENAS 8 NA FINAL!

No concurso, o programa Caminhos do Campo inscreveu mais de cem pratos e classificou oito; cada um representando uma região do Estado.

Febo mandou sem muita pretensão, afinal, pensou, “a disputa é estadual”. Quando recebeu o resultado, diz ter ficado muito feliz: “Feliz porque cozinhar é um hobby que me faz bem e a classificação vejo como um reconhecimento pela minha dedicação à essa arte; assim, pude dividir minha alegria com tanta gente que me assistiu na tv e que agora está tentando me eleger o vencedor”.

Ele conta também que aprendeu o prato com o amigo Roberto Molina (em memória), mas incrementou. “Como toda receita que copio, sempre dou meu toque; sempre acho que, com um tempero a mais, um ingrediente a menos, o resultado vai ser melhor, e acaba ficando... e não sou eu que digo isso; são as pessoas que comem. Não tem quem não elogia o que faço”.

Diz isso driblando a modéstia e ressaltando que elogios são bem-vindos, mas não o convencem: “Prova disso é que estou sempre estudando culinária e reformulando minhas receitas”. E brinca: “Gosto de cozinhar porque detesto lavar louça. Essa paixão começou no tempo da faculdade, quando morava numa república, em Londrina, com cinco amigos. Tinha um trato com eles: eu comandava o fogão e eles se viravam com a pia. Foram anos assim e sempre deu certo!” (risos).

Também deixa claro que a gastronomia é para os domingos e feriados. Durante a semana ele se dedica a projetar objetos e móveis. O carro-chefe do seu portifólio da marca Mobyliarium são luminárias que se destacam pela originalidade (em design e material, como cimento cru). Mas também inventou e fabricou modelos interessantes e versáteis de mesas de centro, relógios de mesa (também em cimento cru), revisteiros e outros itens “com ar contemporâneo”, marca indelével do profissional. Para comercializá-los abriu uma loja virtual.

PARA VOTAR ACESSE

http://g1.globo.com/pr/parana/caminhos-do-campo/interatividade/enquete/2017/10/28/qual-receita-deve-vencer-o-concurso-de-receitas-do-caminhos-do-campo-2017-ceaed22a-bc3a-11e7-bfff-0242ac11000a.html

CONHEÇA O TRABALHO DE DESIGN DO ARQUITETO FEBO DE CARVALHO JÚNIOR.

Acesse  www.mobyliarium.com.br ou o confira o catálogo da  http://www.youblisher.com/p/1881199-catalogo-estudio-e-oficina-representante/

www.colunaitalo.com.br

Febo com o avental do programa Caminhos do Campo: ‘troféu’ pela vitória na primeira fase

Anúncio - banner interno
Comentários
Veja também