Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Móbile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Banner mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - rodape mobile
Anúncio - AGOSTO
Anúncio - Natal Dezembro móbile
Anúncio - Banner Mobile
NATAL, DOCE NATAL!
Recorde: Italianos fizeram o maior ‘panettone’ do mundo!
O bolo gigante, com 140 quilos e 2 metros de altura, foi feito para celebrar o Natal em Milão
Publicado em 20/12/2017 às 10:16 Italo
Recorde: Italianos fizeram o maior ‘panettone’ do mundo!

A produção do maior ‘panetonne’ do mundo marcou o início das festividades de Natal em Milão, no norte de Itália, famosa em todo o mundo por ser a inventora dessa delícia hoje consumida em todo o planeta!

A festa aconteceu no domingo (17) e centenas de pessoas juntaram-se para provar o tradicional bolo, feito com passas e frutas cristalizadas. As fatias do Bolo Rei – como é chamado pelos italianos - foram cortadas e distribuídas de presente nas galerias Victor Emmanuel II, junto à majestosa Catedral de Milão. A versão gigante ficou com 2 metros de altura e 140 quilos e demorou 36 horas para ser feito.

O "maior panettone do mundo" teve que ser feito em um forno especial, enorme, como um armário de mais de dois metros de altura. A idéia partiu de Angelo Bernasconi, proprietário da padaria San Gregorio, cuja equipe produziu o pão gigante. Seu estabelecimento faz dezenas de unidades por ano, que são vendidos na Itália e também no exterior. A cada semana, 200 de seus panettones são enviados para uma loja de Nova York.

De acordo com ele, o segredo é a "massa mãe", que pode dar à luz uma infinidade de pães, se bem tratada. "Demora 36 horas para fazer um panettone", explica o chef Said Lauauda na cozinha. A massa é feita de água, açúcar, farinha, ovos, manteiga e baunilha. "Os ingredientes são misturados muito lentamente um após o outro, o que leva entre 25 e 40 minutos", explica Lauauda. E então a mistura é colocada para descansar.

"No dia seguinte, às 4 da madrugada, são adicionados ovos, açúcar, água, farinha e manteiga e a mistura é sovada por 15 minutos", antes de se adicionar passas, casca de laranja confeitada e cidra (fruta cítrica)", explica Bernasconi.

A massa é então vertida em assadeiras que servem como um molde para que cresça por quatro ou cinco horas e, depois, colocada no forno. A última etapa consiste em colocar o panettone de cabeça para baixo por 10 horas para permitir que a manteiga desça.

A diferença de um panettone normal é que devemos assar por um tempo muito mais longo e mais devagar, entre 12 e 14 horas a uma temperatura mais baixa.

Para se ter uma idéia de como o Bolo Rei é adorado por lá, basta dizer que três em cada quatro italianos comem panettone durante as festas, com um preço médio entre oito e nove euros cada.

FONTE: Agence France Presse/AFP

www.colunaitalo.com.br

 

Anúncio - Clarineis interno Anúncio - banner interno
Comentários
Veja também