Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Banner mobile
Anúncio - Mobile
Anúncio - Natal mobile
Anúncio - Banner Mobile
Anúncio - rodape mobile
Anúncio - Exames de Imagem mobile
Anúncio - AGOSTO
PREVISÃO DO TEMPO
As águas vão rolar até o final de janeiro no Noroeste!
Umuarama, a vítima das chuvas deste verão: em janeiro já caíram 235mm
Publicado em 16/01/2018 às 08:12 Italo
As águas vão rolar até o final de janeiro no Noroeste!

Desde os primeiros dias deste ano está chovendo praticamente todos os dias aqui na região Noroeste paranaense. Estamos na metade do mês e, na maioria das cidades, a água que caiu já ultrapassou a média histórica para todo o mês de janeiro.

E não há previsões otimistas de que as chuvas irão parar. Segundo informa o instituto de meteorologia Simepar, este ano o volume deverá ultrapassar a marca, pois não há previsão para o fim das chuvas aqui no Noroeste pelo menos pelos próximos sete dias.

No geral, o mês de janeiro todo será bem chuvoso. Isto porque os canais de umidade que vem da região amazônica estão estacionados aqui. Geralmente, eles migram mais nesta época do ano, vão para o sudeste e depois retornam nesta época do ano, mas desta vez percebe-se muito mais umidade sobre o Paraná e a região sul como um todo.

A previsão para esta terça-feira (16) é de mais chuvas e trovoadas rápidas, as famosas “pancadas de verão”, conforme informa o Simepar, com temperaturas mínima de 21°C e máxima de 27°C.

UMUARAMA, A VÍTIMA DAS CHUVAS DESTE VERÃO!

Umuarama foi a cidade mais atingida da região Noroeste. O grande volume de chuvas do final de semana provocou alagamentos em diversos bairros, algumas ruas tiveram o asfalto arrancado, estradas foram danificadas e novos pontos de erosão foram registrados.

De acordo com o balanço da Defesa Civil e da Prefeitura, 47 imóveis ficaram danificados, 51 pessoas ficaram desalojadas temporariamente e mais de 30 residências foram alagadas. Segundo o Simepar, choveu cerca de 50 mm em menos de duas horas na sexta-feira; desde o dia 1° de janeiro já foram 235 mm, mais do que o dobro da média histórica para todo o mês, que é de 150 mm.

A assistência social do município começou a distribuir ajuda no sábado e a comunidade também está se mobilizando para arrecadar donativos, roupas e móveis.

FONTE: Com informações do Simepar

www.colunaitalo.com.br

Anúncio - banner interno Anúncio - Clarineis interno
Comentários
Veja também